×

Agenda Parlamentar encerra o semestre com muitos convênios firmados

EM BREVE, UM NOVO CICLO DE PROGRAMAÇÃO DEVE APROXIMAR, AINDA MAIS, O PODER PÚBLICO DO CREA-PR

Apesar dos prefeitos dos municípios paranaenses tratarem com prioridade os temas relacionados à pandemia, o primeiro semestre de 2021 teve resultado positivo para a Agenda Parlamentar do Crea-PR. Por meio da articulação dos gerentes regionais e lideranças locais ligadas às Entidades de Classe, as comitivas do Crea foram bem recebidas pelos prefeitos e associações de municípios. Destaque para os programas de políticas públicas como o Campo Fácil e Casa Fácil, e a parceria para qualificação do corpo técnico dos municípios. “Este diagnóstico só foi possível por meio das nossas interações da Agenda Parlamentar no primeiro semestre”, afirma o gerente do Departamento de Relações Institucionais do Crea- PR, Claudemir Prattes.

Nestes encontros, as Entidades de Classe e o Crea-PR apresentam os Cadernos Técnicos da Agenda Parlamentar e os EBDMs – Estudos Básicos de Desenvolvimento Municipal, que apresentam um diagnóstico e sugestões de ações de temas específicos daquelas localidades. Até meados do mês de setembro 24 EBDMs já haviam sido acatados pelos gestores municipais em todo o estado, o que reforça a importância do trabalho propositivo da Agenda Parlamentar do Crea-PR.

Futuro da Agenda Parlamentar

No próximo ciclo, que começa em setembro, a ideia é realizar um grande evento estadual em parceria com a Amunpar (Associação dos Municípios do Paraná) para apresentar os produtos da Agenda Parlamentar e atingir a grande maioria dos 399 municípios do estado. Entre as ações estão:

  • Convênio de trocas de informações e mútua cooperação entre municípios e Crea-PR
  • Cursos de capacitação dos profissionais dos quadros técnicos das prefeituras, a partir das necessidades mapeadas nos encontros do primeiro semestre. “Verificamos uma grande carência na capacitação dos profissionais em BIM e já existem ações em andamento dentro do Conselho para viabilizar treinamentos e qualificação sobre este tema”, conta Prattes.
  • Proposta de constituição da Frente Parlamentar da Engenharia, que já está formulada e em breve será apresentada à ALEP.
  • Maior participação das profissões do Sistema Confea/Crea no desenvolvimento de programas de governo, propostas de políticas públicas e até mesmo de ideias e soluções para contribuir com a atuação dos deputados.

Deixe seu comentário

Deixe seu e-mail