×

Encontro de parques tecnológicos discute ações para criar ambiente favorável à inovação no Paraná

Traçar metas para os próximos anos e criar um ambiente favorável para a inovação no Paraná. Esse o objetivo do 3º Encontro Estadual de Parques Tecnológicos acontece em Foz do Iguaçu (Oeste) começou nesta quinta-feira (25) e prossegue nesta sexta-feira (26). O evento é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Superintendência Geral da Inovação, da secretaria estadual da Fazenda, e Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI).

O Crea-PR participa representado pelo assessor de Gestão de Políticas Públicas engenheiro agrônomo Samir Jorge. Acompanham também esses projetos o assessor  Parlamentar do Crea-PR, engenheiro civil Euclésio Finatti, e o conselheiro Wagner Godoy, que representa o Crea-PR no Conselho dos Parques Tecnológicos do Paraná.

“Esse é um movimento muito importante para ampliar nossa rede de conhecimento, compartilhar nossas especialidades para, juntos, consolidar o Paraná como um estado de referência em inovação”, afirmou o diretor-superintendente do Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR), Eduardo Garrido.

O superintendente geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, ressaltou o papel das instituições de ensino superior na construção de novas iniciativas tecnológicas. “Temos 18 parques tecnológicos no Paraná, bem distribuídos, em diferentes regiões. Essa capilaridade é resultado da distribuição do ensino superior. Hoje, o Paraná é o estado que, proporcionalmente, mais investe em ensino superior”, afirmou o Aldo Bona. Ele também ressaltou a importância do novo Marco Regulatório de Ciência, Tecnologia e Inovação do Paraná que, segundo o superintendente, permitirá uma série de novas ações protagonizadas pelos Parques Tecnológicos.

SEPARTEC – O papel do Sistema Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná (Separtec) foi ressaltado pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva. Presidido pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, o Separtec conta com a participação de secretarias de Estado, universidades, entidades representativas de classe e institutos de pesquisas.

Guto Silva lembrou que o Separtec promove a integração entre as estruturas dos parques tecnológicos do Paraná. “O governador Ratinho Junior sempre destaca a importância da inovação e da construção de ambientes de negócios. Por isso, tratar deste tema é essencial para o desenvolvimento do Estado”, afirmou Silva.

DIVERSIDADE – O governo federal, disse o secretário Nacional de Empreendedorismo e Inovação do Ministério de Ciência Tecnologia e Inovação, Paulo Alvim, aprovou um programa nacional que incentivará investimentos públicos e privados para espaços de inovação. “O Paraná tem uma diversidade de competências focadas em suas demandas regionais. A missão do Separtec é ajudar a transformar conhecimento científico em empreendedorismo e inovação. Aprovamos agora um Programa Nacional de Espaços de Inovação que vai apoiar parques tecnológicos em desenvolvimento e consolidação. Tenho certeza que grande parte dos parques tecnológicos do Paraná serão beneficiados”, disse Alvim.

INOVADOR – O encontro reúne nesses dois dias as 18 iniciativas de Parques Tecnológicos do Paraná que foram credenciados provisoriamente pelo Separtec em 2019. Das 18 iniciativas, oito estão com projetos avançados, os demais seguem em fase de planejamento e implantação.

O secretário-executivo e coordenador do Grupo de Trabalho Permanente e mediador do evento, José Maurino de Oliveira, reforçou a importância da participação dos parques que estão em processo de implantação. “Estamos reunindo esses parques, cada um com sua vivência, para buscar aproximar as melhores práticas, experiências e o que cada um está produzindo”, comentou.

PAINÉIS – No primeiro dia foram apresentados painéis interativos voltados a estreitar a relação entre universidade, empresas e governo. “Em todas as regiões do Paraná, temos ecossistemas de inovação maravilhosos e diferentes. Nosso desafio é articular todos os parques tecnológicos presentes aqui hoje. Somos um ecossistema único, precisamos compartilhar as soluções para termos sinergia”, afirmou o superintendente Geral de Inovação , Marcelo Rangel.

Participam do encontro lideranças em inovação do Estado, como Weliton Perdomo, coordenador da Câmara Temática Gestão e Governança do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e representantes dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) das universidades estaduais e federais do Paraná.

CREDENCIAMENTO – Durante o primeiro dia de evento houve também a entrega dos certificados de prorrogação do credenciamento provisório para 18 parques tecnológicos do Paraná. A partir desse credenciamento, eles também poderão acessar recursos estaduais.

Deixe seu comentário

Deixe aqui seu e-mail para receber as novidades